17 September 2009

PROMESSA

por Ana Veet Maya

Hoje não vou esperar
Nem olhar tua fotografia
Vou encher a cadeira vazia
E nem sequer pensarei em ti.
Prometo não vou chorar
Nem mesmo vou me lembrar
Do doce sabor do teu beijo
Não sentirei nem desejo
Da lembrança cruel do teu toque.
Hoje prometo viver
Somente o instante perdido
Da paz roubada do além.
Hoje não quero ninguém.
E vou colorir os meus olhos

E meu coração tão cansado
De tudo esperar paciente.
Hoje serei só contente
Sorrirei cantando pro céu
Andarei meus passos bem cegos

Pra nada poder encontrar
Nada que tenha perdido.
Quero as lembranças no fosso
Ao lado da tua memória
Que enterro profundo na terra
Nas entranhas do morto passado.

1 comment:

  1. dios mio!!! esse bateu funnnnnnndo.
    adorei.

    bjsss;

    ReplyDelete