10 December 2014

A GOTA

por anaveetmaya

A gota
escorre da testa
E languidamente 
beija o peito 
que em festa
silenciosamente 
trêmulo aguarda
O orvalho tépido 
do teu prazer



3 December 2014

BORA SER FELIZ

por anavetmaya
Quando eu era pequena, ficar deitada com a cabeça no colo de vovó Anna me trazia paz e felicidade.
Ir à cabeleireira e trazer emprestadas as revistas Capricho me fazia contente porque eu mergulhava no romance, na fantasia do amor sonhado.

Saltar na piscina do Corinthians provocava em mim um êxtase. Aquele contato gelado da água refrescante contra meu corpo quente depois de horas jogando vôlei.

Comer os docinhos de festa da mamãe, assistir o Sítio do Pica-Pau Amarelo, ler a obra de Monteiro Lobato, desenhar e pintar lá na Biblioteca Hans Christian Andersen, ir aos bailinhos da casa da Irani, esperar o final do ano, a ceia de Natal, os presentes, o amigo secreto... Sonhar com um amor, o primeiro beijo, a minha formatura, meu primeiro emprego, ter meu dinheirinho, ser independente... Tudo isso me trazia alegria.

Minha família sempre foi humilde.
Aprendi a valorizar cada conquista.

Foi uma celebração quando consegui comprar meu primeiro jeans. “ Lee” importado.
E a primeira vez que consegui andar de avião, olhar aquelas nuvens branquinhas, marcou a minha alma pra sempre.

O Cañada ama surfar. As fotografias que ele posta no facebook sobre viagens e as ondas que pega, mostra que se sente feliz fazendo isso.

A Giselle ama viajar. Fotografar seus pezinhos em cada novo solo que pisa, é pra ela uma festa!

A Juju Couto ama interagir! Em casa, na net, no whatsapp, compartilhar informações lhe faz sorrir.

O Tolin ama comer coisas gostosas. Ver o chocolate derretendo e escorrendo lhe traz felicidade.

O Fábio e a Ana amam o Spike. Vê-lo correndo e interagindo no parque é motivo de alegria, de felicidade pura.

O mano Savian ama falar, escrever, destrinchar os relacionamentos. Quando o vejo no Ronnie Von participando de um gostoso bate-papo, vejo que ele está se sentindo feliz.

O Guilherme Tell me acompanhou em tantos trabalhos no CAPS – PE, tarefa árdua ao lado de dependentes químicos. Mas eu o vejo feliz quando apresenta o menu que acabou de preparar, para deleite dos amigos.

Quando o Adriano toca, eu o sinto feliz. Quando ele fala de novas viagens e explorações, eu o vejo feliz.

Mas o Maurício se sente feliz com a busca. Esse frisson de não saber direito o que vai acontecer, mas sentindo que pode ser melhor... Isso traz um sorriso ao seu rosto!

Quando a Katia e eu saboreamos um cappuccino, comendo um pedaço de bolo sem pressa, vejo sorriso nos seus lábios.

E quando o Prashanto está com seus grupos de meditação, há felicidade em sua face, porque a alma está sorrindo.

Vejo alegria nos olhos de Ila quando abraça seu marido.

A Guacira se sente muito feliz dançando.

A Inês sorri quando toma café numa xícara linda , acompanhado por um biscoitinho amanteigado.

A Renata sorri quando saboreia o seu  Nespresso.

Percebo alegria na voz do Valadares, quando conta de seus aviõezinhos e a montagem de uma nova instalação.

Quando a Carolina me conta de uma aula que deu certo pras meninas angolanas que não mais voltarão ao Brasil, sinto seu coração feliz!

E quando mamãe conta que foi comer pizza com a amiga, ela também está feliz.

Minha netinha quando corre pros meus braços sorrindo, ela é pura felicidade.

Quando meu filho vê que seu gatinho está melhorando e superando a doença, ele sorri.

Meu irmão sorri quando rega suas plantas, quando colhe lishia do pé.

A Juliana sorri com as novas descobertas da bebê.

O Marco sorri quando se deleita na tarefa de ser papai.

A Gabriela e a Bruna sorriem muito quando estão trabalhando com o que mais gostam.
.
A Eliete sorri quando vê que tudo está dando certo!

A Braga sorria muito quando vivia na Itália.

O Mário sorri muito quando provoca a ira de alguém...

E você?
O que te faz sorrir?

Nesta vida já aprendi muito com a tristeza.

Mas os momentos felizes nos dão a motivação pra continuar crescendo, perseverar sem nunca desistir.

Mas nada dura para sempre é é bem verdade que nunca estamos tão plenamente felizes...

E se estamos, é uma fração de segundos, um êxtase... E pronto, já acabou!

Os mestres nos aconselham meditação, desapego das expectativas... Amar o que se tem e ser feliz apenas por estar vivo.

Saúde traz felicidade.

Paz traz felicidade.

Pra muitos, é o dinheiro que garante a felicidade.

E para você?  
O que lhe faz sorrir?

Dezembro, final de mais um ano, projetos pra 2015 que em breve iniciará.

Quanto você está aberto pra crescer, pra mudar, ou pra aceitar o que não dá pra mudar?

Amor? Sexo? Fortuna? Conhecimento? Inovações? Descobertas? Companheirismo? Sucesso? Beleza? Humanidade? O que lhe traz felicidade?

Medite um pouco.
Respire profundo.
Mais profundo ainda.

Trabalho! Disciplina! Paciência! Consciência!

1, 2, 3... já!

Bora ser feliz!


2 December 2014

A RESPOSTA É NÃO

Você minha amiga, tem vergonha de falar não? 
Não consegue afastar o chato que não se toca e não sai do seu pé? 
POESIA nele!  


A RESPOSTA É NÃO
por anaveetmaya



Oras, dá licença
Pensa que chega assim
Todo cheio de crença
E julga poder arrasar?
Oras, vá se catar.
Vá dar suas flores
Pro bode
Reguei a comigo-ninguém-pode
Coloquei arruda na orelha.
Oras, vê se não pentelha.
Fica se sentindo
o "elesbom"
o totalmente demais?
Oras, me poupe, meus sais...
Não votei no sei IBOPE
Será que você é xarope?
A resposta é NÃO!
Quer sinais de fumaça?
Oras, pare com essa graça.
Pegue a sua experiência
Seu brilho e sedução
E vá já lamber sabão!

25 November 2014

NOSSO CORPO FALA. OUVE QUEM QUER...

por Ana Veet Maya



Ao longo de quase doze anos de trabalho dedicado ao curso PRA VOCÊ FALAR BEM, ao lado do professor e jornalista Marco Antonio Abreu, fui aperfeiçoando o meu olhar, a minha sensibilidade na interpretação da linguagem corporal.






 A forma de se olhar alguém, o brilho nos olhos, a voz um tanto trêmula e a boca apertada, a respiração acelerada, as mãos frias, um revirar de olhos e um suspiro, podem por exemplo denunciar a emoção dos apaixonados.

É muito útil começarmos a entender melhor a linguagem do corpo!

Porque a mente, mente. E com as palavras, podemos criar, fantasiar, manipular, mentir... Mas o nosso corpo, ah, o nosso corpo... Ele sempre denunciará a nossa verdade interior.

Assim, vamos ficar atentos porque a linguagem do corpo entrega a verdade que as palavras não dizem.


ALGUNS GESTOS E SEUS SIGNIFICADOS:

Coçar o nariz repetidas vezes.

-Qualquer gesto repetido indica incômodo, impaciência, mal-estar ou manias. O coçar o nariz repetidas vezes pode indicar irritação e desagrado com o ambiente ao redor, sem contar as causas comuns que são as alergias (que também tem um fundo emocional).

Desviar o olhar para o lado
- Quando desviamos o olhar, estamos dizendo: me dê um tempo! A pessoa indica estar sob pressão, insegura, não consegue encarar o interlocutor, busca um outro foco de apoio.

Desviar o olhar para cima
- Quando mudamos o “foco” estamos sempre buscando uma saída, como se fugíssemos de uma situação de “perigo”. O interlocutor sempre percebe e ganha terreno com isso, percebendo a insegurança do outro. Olhar para cima, especificamente traz um apelo interno de busca divina, como se falássemos, ó Deus, ó céus, me socorram!

Desviar o olhar para baixo
- Indica uma pessoa muitas vezes com dificuldade de assumir suas responsabilidades, medo de crescer; pode também indicar uma pessoa tímida, insegura, que inconscientemente busca apoio da terra, pedindo proteção, como quem quisesse voltar para o útero materno.

Cruzar os braços na frente do corpo quando conversa
- Para o comunicador, quando uma pessoa cruza os braços na frente do corpo, indica um bloqueio, a pessoa está se “fechando”, se “protegendo”, muitas vezes discordando ou duvidando do que ouve. Pode também indicar descaso e falta de envolvimento.

Olhar para a boca da pessoa
- Caso sejam descartadas as intenções amorosas e de sedução, este gesto pode indicar dificuldade na compreensão da mensagem.

Bater os dedos na mesa, batucando
- Indica impaciência, falta de concentração, a pessoa está dispersa ou se sentindo entediada com o assunto.

Arranjar fios de cabelo
- Preocupação excessiva com a imagem transmite insegurança, perfeccionismo, personalismo. Quem foca a aparência em demasia, pode estar se sentindo inseguro,estar disfarçando ou tentando tapar uma brecha interior.Pode também ser um toc, um tique nervoso, um escape da tensão.

Esfregar os olhos
- Lembramos que esfregar os olhos é danoso. As pessoas que tem esse hábito devem procurar seu oftalmologista. Afastadas as causas físicas e doenças, o coçar os olhos indica uma pessoa cansada, que está sem concentração, com sono ou se sentindo entediada com o assunto.

Comer as unhas
- Indica insegurança, baixa auto-estima, comportamento auto-destrutivo, excessiva preocupação com aquilo que o “outro pensa” e medo de não ser aceito ou falhar; pode também indicar comportamentos de subserviência. Comer unhas pode também indicar traumas guardados no inconsciente.

Colocar as mãos nos bolsos de trás da calça enquanto conversa
- A pessoa sente-se sem argumentos, necessita descontrair, busca “apoio” para encontrar uma saída. Pode também indicar a necessidade de rebelar-se, mas sem base de sustentação no argumento.

Morder os lábios
- Nervosismo, raiva contida, sentimento de impotência e incapacidade para resolver um problema, auto-punição, culpa.

Quais os gestos mais comuns das pessoas que estão:

Nervosas
-     Esfregar as mãos uma na outra, morder os lábios, balançar pernas e pés, tremores, suor na mão, vermelhidão na face, gestos repetitivos em geral, fala muito rápida, gaguejar, tossir, pigarrear.

Excitadas
-       Respiração alterada, falar e se movimentar mais rápido, o corpo se projeta mais para a frente, se abre e se revela, sempre de maneira mais intensa.

Com medo
-          A pessoa  olha muito para os lados, abaixa os olhos,  abaixa a cabeça, cruza braços se protegendo , cruza as pernas “travando”seus genitais,, esconde o rosto, sempre gestos que a tirem do “foco de atenção”

Inseguras
-          Fala titubeante, muitas vezes baixa ou até inaudível, gagueira,rosto inexpressivo, piscar muito ,roer unhas, desviar os olhos do foco.

Apaixonadas
-          A pessoa apaixonada normalmente tem o olhar mais brilhante, sorriso mais constante, leveza no caminhar e maior precisão nos gestos, transmite mais positividade e auto-confiança, peito aberto,. Quem está apaixonado está mais aberto pra vida, pra compartilhar, interagir.


Preocupadas
-          Testas franzidas, rostos fechados, punhos cerrados, um olhar de indagação.

Chateadas
-          O corpo todo “murcha”, rosto abatido, olhar sem brilho, gestos sem expressão, sem energia, falar monótono e pouco convincente.

Ansiosas
-          Fala atropelada, o corpo fica como que “elétrico”, excesso de movimentos, não consegue “ver”o outro e interage  com ineficiência, com dificuldade de estabelecer uma comunicação mais lógica, com começo, meio e fim.

Frustradas

- As pessoas frustradas vão ter mais problemas de coluna, porque nelas, a energia  está mais travada. Seus ombros podem estar muito para baixo ou para cima. Rosto caído pra baixo, denotando desânimo.. Muitas vezes o rosto empinado de maneira arrogante é uma forma de enfrentamento para desabafar uma raiva por uma situação frustrante, uma necessidade de autoafirmação e mostrar para o mundo que tem poder.


Espero ter colaborado com todos os que lerem este meu texto.
Um abraço a todos amigos, lembrando que um gesto sincero, um aperto de mão determinado e um abraço caloroso falarão mais alto do que muitas palavras. 




Nosso corpo fala. 
Ouve quem quer! :)




anaveetmaya
educadora





SUCESSO, por Roberto Shinyashiki

texto de Roberto Shinyashiki

“Dedicação é a capacidade de se entregar à realização de um objetivo. 
Não conheço ninguém que tenha progredido na carreira sem trabalhar pelo menos doze horas por dia nos primeiros anos. Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho sem sacrificar sábados e domingos pelo menos uma centena de vezes. 
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá de se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e comodismo. Se quiser um casamento gratificante, terá de investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.


O sucesso é construído à noite! 
Durante o dia você faz o que todos fazem. 
Mas, para conseguir um resultado diferente da maioria, você tem de ser especial. 
Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. 
Não se compare à maioria, pois, infelizmente, ela não é modelo de sucesso. 
Se você quiser atingir uma meta especial, terá de estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar, enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. 
A realização de um sonho depende da dedicação.

Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. 
Mas toda mágica é ilusão . 
E ilusão não tira ninguém do lugar onde está. Ilusão é combustível de perdedores.”

LEITURA DINÂMICA, pelo Prof. Juarez Angelo Lopes

Leitura Dinâmica

Leitura Dinâmica é uma forma diferente de entrada de dados em nosso computador cerebral. 
O leitor tradicional lê subvocalizando, ou seja, a percepção de seus olhos é acompanhada por uma voz mental que repete sílaba por sílaba, aquilo que eles vão lendo.

O leitor dinâmico, ao contrário, lê bloco de palavras de uma só vez, sem nenhuma voz produzindo sons mentais em sua mente. 
Ele olha um bloco de palavras como quem olha um objeto, integralmente, com uma visão gestáltica, pois parte do todo para o detalhe. 
Todos nós nascemos com este potencial de percepção visual, o que comprova que ler é uma função natural do cérebro, do mesmo modo que o é a audição. 
Nenhum indivíduo normal aprende a ouvir na escola, do mesmo modo que não deveria depender dela para aprender a ler. 
O advento da televisão, onde as informações aparecem em letras grandes e coloridas, veio comprovar esta teoria.

Uma criança, mesmo sem nunca ter ido a uma escola, se assistir, diariamente televisão, acabará aprendendo a ler sozinha, nem que seja no limite do vocabulário da propaganda. 
Nossos olhos funcionam como máquina fotográfica. 
As fotos tiradas por eles são transformadas em impulsos eletroquímicos e reveladas pelo cérebro. 
Os olhos vêem mas não entendem. 
Quem entende é o cérebro, ao revelar estas fotos. 
Para ele tanto faz a foto de uma sílaba ou foto de uma frase. 
O leitor tradicional, preocupado em soletrar sílaba por sílaba, enquanto lê, vê-se obrigado a reduzir o foco de sua máquina fotográfica, o que o leva a baixas velocidades de leitura. 
Não existindo esta silabação, torna-se possível abrir cada vez mais seu campo visual, o que lhe permite captar, em uma só foto, um bloco inteiro de palavras.

Este programa de sub-utilização cerebral foi colocado em nosso cérebro pela professora primária, ao nos ensinar a ler soletrando, pela valorização excessiva que dava à leitura oral.

De acordo com o acima exposto, podemos concluir que Leitura Dinâmica nada mais é do que uma mudança qualitativa em nosso programa de entrada de dados, através de ginástica cerebral.

Qualquer pessoa normal consegue obter este resultado, basta querer.

17 November 2014

O QUE É MARKETING PESSOAL

conteúdo transcrito do site:
http://www.experta.com.br/tariqexperta/voce/voce_pessoas.html

Hoje em dia, a imagem de uma pessoa é seu maior patrimônio. 
Ela abre portas e torna você conhecida e famosa. 
Não é de um dia para o outro que construímos e consolidamos uma imagem vencedora e idônea. 
São necessários anos de desenvolvimento, bom desempenho e sociabilidade para ser uma pessoa bem vista e aceita. 
No entanto, não basta viver de aparências e ficar só no Marketing, precisamos ter conteúdo de qualidade e ser autênticos e verdadeiros, pois “nem tudo que reluz é ouro...”

O site Experta lhe traz 7 dicas para se tornar uma estrela:

1 - Seja responsável pela sua própria vida, carreira e desenvolvimento. Dessa forma, você sempre será reconhecida como alguém de muito valor agregado, uma pessoa que faz a diferença.

2 - Estude e acompanhe novas tendências e mudanças para não ficar para trás. Estamos todos indo ao encontro do o futuro, portanto não podemos perder o rumo, nem nos iludir com "miragens".

3 - Desenvolva capacidades e competências para melhorar seu desempenho pessoal. A nossa segurança, ou empregabilidade, depende da nossa produtividade e do potencial que temos como pessoas e profissionais.

4 - Invista em suas habilidades de comunicação e sociabilidade. Não adianta ser boa se ninguém a conhece ou se o seu trabalho não aparece. Precisamos saber ouvir tão bem quanto falamos, pois a comunicação é um caminho duplo.

5 - Pratique o “Kaizen”, a filosofia da melhoria constante e contínua baseada na aprendizagem vitalícia. A maior vantagem competitiva que temos é a capacidade de aprender melhor e mais rápido que os outros.

6 - Observe e pesquise tudo e todos. Mantenha os olhos abertos e a mente funcionando. Como diz um ditado ZEN: "Para a mente preparada, a oportunidade aparece."

7 - Acima de tudo, mantenha-se leve, flexível e adaptável. A vida é feita de mudanças constantes e precisamos aprender a acompanha-las e respeita-las. "A maior obra de arte é saber transformar a si mesmo, eternamente..."

13 November 2014

A PAIXÃO QUE EM MIM ATIÇAS

poesia de anaveetmaya

Não preciso te tocar 
para te sentir. 
Nem estar com você 
para tê-lo comigo.
Você está presente 
em cada acorde
de música
que vibra no ar
e em meu peito
acariciando
minha memória.
Não tenho expectativas
e nada a lhe pedir.
Nem tua presença
presentes
ou juras de amor.
De você
quero apenas
a alegria
tua boca
vermelha
de sorrisos
tuas mãos
estendidas
esperando quem sabe
meus dedos
entrelaçarem os teus...
A vida é marota
e feiticeira.
A mim
não importam
estas folhas amareladas.
Amo este caule
vincado
que não se verga
ao peso das histórias.
Amo a tua tez
contemplativa
que canta canções
de amor ao vento.
E eu amo
o vento
Que refresca
e acalma
Este fogo eterno
Da paixão
que em mim atiças.


25 October 2014

WORKSHOP PRA VOCÊ FALAR BEM

Informo que em breve Titio Marco Antonio e eu estaremos ministrando o workshop PRA VOCÊ FALAR BEM de quatro horas em parceria com a Agência Segnews.  
Entre em contato e garanta a sua vaga!
agenciasegnews@agenciasegnews.com.br 

21 October 2014

CARÍCIAS

por Anaveetmaya
São lábios que tremem
Mãos que transpiram
E digitam paixão.
Tu sopras idéias
que escorrem da mente
e atiçam o corpo
insanamente...
Mente insana
Danada!
Danado!
Sussurras desejos
abertos...
E secretamente
Eu vibro
no teu diapasão.

14 October 2014

AME-SE

texto de OSHO 
A primeira amizade precisa ser consigo mesmo, mas muito raramente se encontra uma pessoa que seja amistosa consigo mesma. Ensinaram-nos a condenar a nós mesmos. O amor por si mesmo foi considerado como um pecado. Não é. Ele é a base de todos os outros amores, e é somente através dele que o amor altruísta é possível. Como o amor por si mesmo foi condenado, todas as outras possibilidades de amor desapareceram. Essa foi a estratégia muito ladina para destruir o amor.
É como se você dissesse a uma árvore: “Não se alimente da terra, isso é pecado. Não se alimente da lua, da chuva, do sol e das estrelas; isso é egoísmo. Seja altruísta, sirva outras árvores”. Parece lógico, e esse é o perigo. Parece lógico: se você deseja servir os outros, sacrifique-se; servir significa sacrificar-se.
Mas, se uma árvore se sacrificar, ela morrerá e não será capaz de servir nenhuma outra árvore; de maneira nenhuma será capaz de existir.
Ensinaram-lhe: “Não ame a si mesmo”. Essa foi praticamente a mensagem universal das pretensas religiões organizadas. Não de Jesus, mas certamente do cristianismo; não de Buda, mas do budismo - de todas as religiões organizadas, este foi o ensinamento: condene a si mesmo, você é um pecador, você não tem valor.
E, por causa dessa condenação, a árvore do ser humano se retraiu, perdeu o brilho, não pode mais festejar. As pessoas vão dando um jeito de se arrastar, não têm raízes na existência – estão desenraizadas.
O amor é alquímico. Se você se amar, a sua parte feia desaparece, é absorvida, é transformada. A energia é liberada daquela forma. Todas as coisas chamadas de pecado simplesmente desaparecem. Eu não digo que você tenha que mudá-las; você tem que amar o seu ser, e elas mudam. A mudança é um sub-produto, uma conseqüência.
Ame-se. Esse deveria ser o mandamento fundamental. Ame-se. Tudo o mais se seguirá, mas este é o alicerce.
- Osho 

3 October 2014

QUERERES

por anaveetmaya

Queres festas, queres prazer
Queres seresta, mel e dendê
Queres a mulher, incógnita e tua
Queres a fantasia desnuda na rua...

Queres ação e atitude
E a luxúria de um tal gosto
E eu quero mais plenitude
Quero mente, alma e rosto

Queres, não sei se me queres
Quero, não sabes que te quero
E de desejos, esses quereres tantos
Seguimos, por onde seguimos então?

Eu sigo só mas sem cansaço
Sonho contigo ó paixão
Peço que dê-se inteiro num abraço
Coloque tua mão na minha mão...


30 September 2014

O PRIMEIRO BEIJO

por Ana Veet Maya


A manhã se encantou de festa
e o coração bateu menino.
A lembrança respirou fresquinha 
o cheiro daquela emoção adormecida. 
A pele arrepiou 
e o olhar umedeceu.
Um desejo forte de encontrar
e falar todas as palavras
caladas pela inocência juvenil.
Vontade de congelar o tempo
naquele ponto exato da canção
onde o suspiro foi selado
por lábios doces e quentes
          que juraram puro amor...
Um romântico nunca se esquece
Da magia do primeiro beijo...
(para você, Mário, meu primeiro beijo. Grande alegria te reencontrar depois de 44 anos! )



26 September 2014

BOM DIA

BOM DIA!!!! texto de Giovanna Stadnicki
Amanheceu, e não recebemos um roteiro fixo, nem uma obra fechada, muito menos um destino rígido...
Então, desenruga a testa...suaviza o semblante vai...
Amanheceu e ganhamos foi novos lápis, e a benção de ir além do texto óbvio...
Muito além de duas ou três frases feitas...
A benção de prover acréscimos de poesia...ao rol de mesmices, cansado, de todo dia...
Poesias à base de carinhos extras, de olhares derramados, de sorrisos de boca inteira, de alma louca pra ser e fazer feliz...poesias de aconchego...de dar cor de amor, aos traços "sem graça" da vida...
Porque o cotidiano da gente acaba sendo como aqueles livrinhos para colorir das crianças...as figuras estão lá, o básico, está lá...mas e o que as vivificaria?
E o que as faria pulsar?
E o que lhes conferiria sentido, graça...essa cor de poesia?
Aí minha gente...aí é com cada um de nós...
Aí vai da sensibilidade, da criatividade...aí vai principalmente da boa vontade!
Aí vai do quanto a gente entende que beleza é essa cor que vem de dentro.
Que alegria e tudo o mais que faz bem, é essa cor que vem de dentro.
Que o tal "mundo melhor", depende do colorido no desenho de hoje...
E no de amanhã, e de depois e depois...
Depende tudo da graça que em mim e em ti habita...
Graça essa que Deus já pintou em nós, desde sempre. Está aqui!
Nos resta O imitar...e um pouco do melhor de nós em tudo pingar...
Só nos resta imitar Quem em tudo pingou cor de amor...
Como sempre... pra dar tudo certo, só nos resta, O imitar.
Gi Stadnicki.

24 September 2014

NÓS SOMOS IGUAIS E DIFERENTES

por anaveetmaya

Vi um post desabafo de uma moça gorda "pelo direito" de não ser perfeita...

Quando conscientes, não precisamos da aprovação, não precisamos que concordem conosco ou contestem.

Basta naturalmente ser.

Devemos aprofundar nosso autoconhecimento.

Se algo tem o poder de nos "incomodar", vale a pena ir pro fundo e entender o por quê desse incômodo!

Carecas, cabeludos, sem pentelhos, cabelos brancos ou coloridos, pneus na barriga, barriga tanquinho, pernas cabeludas, corpos depilados, gordos, magros, sarados, flácidos, altos, baixos, bundão, bundinha, bunda-mole, bunda siliconada, peito caído, olho caído, cílios longos, lente de contato, botox, botocudos, botos, gatos, cachorras, santinhas, espinafre ou pizza, vivas à diversidade!


Respeite o próximo como (e) a ti mesmo!

NOSSOS MOMENTOS DE LOUCURAS

São mais felizes os que não tem medo de vivenciar seus momentos de loucura, perda de controle... 
A criatividade e tudo que há de melhor no Universo flui melhor quando não temos a pretensão de ser mais que ninguém ou exercer o controle, dominar tudo e todos. 


Bom dia amigos!
  Love you!  
(anaveetmaya)



10 September 2014

PRA QUE SOFRER SE NADA É PRA SEMPRE ?



OLHOS VERMELHOS
Capital Inicial
Compositor: Dinho Ouro Preto / Alvin L

Os velhos olhos vermelhos voltaram
Dessa vez
Com o mundo nas costas 
E a cidade nos pés
Pra que sofrer se nada é pra sempre?
Pra que correr
Se nunca me vejo de frente

Parei de pensar e comecei a sentir
Nada como um dia após dia
Uma noite, um mês
Os velhos olhos vermelhos voltaram
De vez

Os velhos olhos vermelhos enganam
Sem querer
Parecem claros, frios, distantes
Não têm nada a perder
Por que se preocupar por tão pouco?
Por que chorar
Se amanhã tudo muda de novo?

Parei de pensar e comecei a sentir
Nada como um dia após dia
Uma noite, um mês
Os velhos olhos vermelhos voltaram de vez

6 September 2014

VAMOS RESPIRAR!

Preste bem atenção, escute e tente praticar os ensinamentos do Dr. Gaiarsa!

5 September 2014

A LOUCURA DO OUTRO

Apresento a vocês a meditação ativa de OSHO, KUNDALINI, muito boa pra gente chacoalhar e espantar os demônios!
Ah, desculpa, isso num é pra vc não... Pra vc que é só bonzinho, que é um exemplo de cidadão, sempre e somente feliz e sorridente.
Perdoe-me porque eu sei que você não se revolta, não xinga e nem peida e,  se sim, cheira rosas...
Esqueci que você não sente raiva porque sua vida é um exemplo de perfeição.
E também você nunca fala de demônios, bate na boca, porque só está cercado de anjinhos...
Você, esse exemplo de pessoa, você num precisa chacoalhar não.
Fica aí feliz e "consciente"sempre julgando a loucura dos outros...
Porque pra você, "o outro" é sempre louco.
Você é o normal...
http://www.oshomeditationsaopaulo.com.br/meditacao-osho/kundalini.html

PRA VOCÊ FALAR BEM


Olá amigos e leitores!                                                                                                                               Informo que estão abertas as inscrições para a última turma do PRA VOCÊ FALAR BEM de 2014.
PRA VOCÊ FALAR BEM será no SAN RAPHAEL HOTEL, dias 1, 8 e 15/11, das 8 às 13h.
São apenas 16 vagas! Garanta a sua enviando um e-mail para: cursos@cameracao.com.

































4 September 2014

QUEM NÃO SE COMUNICA...

por Ana Veet Maya

DICAS PARA UMA BOA COMUNICAÇÃO:

- A eficiência da comunicação está na NATURALIDADE

- Antes de começar a falar, ENRAIZE, firme a planta dos pés no chão,relaxe os seus ombros, endireite e alongue sua coluna,: mente quieta, espinha ereta e o coração tranqüilo.

- Tenha FOCO. E para desenvolver o foco, MEDITE. A meditação começa com a respiração. Pratique.

- DESCUBRA no seu dia-a-dia uma atividade que o relaxe. Raiva, revoltas, sentimentos dissonantes contidos não promovem boa comunicação;

- Durma bem! Beba água! Alimente-se bem! Sentindo-se bem, SORRIA! SORRIA com o rosto, com o corpo e com a alma!  

- QUEM SOU EU? Só fazendo essa viagem ao eu-profundo sem medo e com consciência, vamos descobrir nossas qualidades, limites, qual é nossa MARCA e promovê-la com sucesso (o nosso marketing pessoal)

- RESPIRE CONSCIENTE!!!! Quando respiramos com consciência, estimulamos nosso corpo, todas as células. Com a respiração, conseguimos alterar nosso humor, nosso pensamento, criar coragem. A respiração profunda e consciente leva mais oxigênio para todo corpo. Oxigena a mente e faz com que as idéias brotem COM FLUIDEZ!

- DESAPEGUE-SE! Deixe o ONTEM PASSAR. Não se aflija pelo amanhã. Viva o AGORA.

- Vida é ritmo. Saiba ter jogo de cintura e deixar seu corpo e sua mente fluírem em todos os ritmos. TODOS OS RITMOS ! Cada sentimento promove um ritmo. Aproveite cada momento e cada dança que a vida lhe proporcionar... Aprenda!

- PARE DE JULGAR O TEMPO TODO! Lembre-se que a mente, mente. Procure conectar-se mais com seu coração. Aprenda a compartilhar.

- Não se sinta mais que ninguém. Não se sinta menos. Seja equilibrado, suave, natural. Olhe para o outro de igual para igual.

- Conheça suas couraças. Do que estamos nos protegendo tanto? Vamos mergulhar no eu, conhecer nossos medos e nos jogar nas oportunidades e praticar. A comunicação é exercício, PRÁTICA. Se não conseguirmos eliminar nossos medos, a consciência no traz a coragem para enfrentá-los!

- Não AFIRME seus limites. Eu sou fraco, eu sou burro, eu sou limitado, eu nunca farei isso ou aquilo. Lembre-se que tudo podemos quando queremos e SE QUISERMOS DE VERDADE. O que você quer? Descubra e pratique com perseverança.

- Não tema o julgamento do outro. Não sinta medo de encarar sua platéia. Conheça muito bem o assunto e fale com naturalidade e segurança, observando os sinais. Quando a platéia demonstrar impaciência (através dos gestos que você já conhece) é hora para um relaxamento, uma respiração, um cafezinho...

- AME O QUE JÁ TEM. Valorize sua caminhada! Goste-se assim mesmo, do jeitinho que já é. Respeite suas vivências. Você não chegou onde está por nada. Foi você que abriu suas portas. Conscientize-se disso e respeite e ame o ponto onde já está.

- MODULE A SUA VOZ. Não fale sempre no mesmo tom. Isso se torna monótono e cansativo.

- Não fale correndo. Respire entre uma frase e outra. Olhe para a platéia. E continue o assunto. Sempre com ritmo. Pontue!

- NÃO SEJA PROLIXO! Treine. Aprenda a ser objetivo, falar com lógica, começo, meio e fim.

- Evite as GORDURAS DA FALA! Lipoaspiração nelas! Fora com os né,tipo assim,ã, hum,aaaa, eeeee, etc

- APRENDA A OUVIR. Ouvir com atenção e com o coração. Quem não ouve, não fala bem.

- Saiba lidar com o IMPROVISO. Confie no seu taco, no seu CONHECIMENTO e cultura.

- Não fale MENTIRAS. Falar a verdade faz a comunicação transparente e muito mais fácil e eficiente!

- A qualidade de ser cidadão do mundo é lidar bem e cada vez melhor com a DIVERSIDADE. Aceite, conviva, respeite as diferenças!

- ARTICULE! Mexa toda a boca, mexa a arcada dentária. DESPRENDA SEU MAXILAR. Quanto mais você articular, mais será COMPREENDIDO.

- CONHEÇA SEUS TRUNFOS e use-os a seu favor para vender melhor o seu peixe. Use caras e bocas. Você não pode falar algo triste, sorrindo... Nem falar sorrindo, algo que te fez sentir raiva. Não tenha medo de expressar sentimentos.

- NÃO SE SINTA INFERIOR e nem PERTURBADO ao entrar em contato com seus limites. Se considerar algo como um limite, analise se DE FATO quer superá-lo. Somos todos únicos e plenos em nossa diversidade. Não precisamos todos falar bem. Não precisamos todos dirigir bem. Não precisamos todos ser cantores. Nem professores. Nem comunicadores. O mundo precisa de todos nós. Assim como nós já somos. ÚNICOS. Precisamos sim é ser felizes e plenos com o que somos. Se você escolher quebrar um limite, faça-o gradativamente, no seu ritmo e investindo sempre na consciência e na prática. E não se encabule em pedir ajuda!

- O BOM TRABALHADOR não leva seus problemas pessoais para o trabalho. Ele consegue FOCAR e estar totalmente presente em cada situação, sem misturar. Lembre-se que uma laranja podre estraga todo o tacho!

- Se quiser ser LÍDER, lembre-se que quem lidera deve ser sensível ao grupo assim como é sensível a si mesmo. O líder não fala eu, fala nós.

- Lembre-se por fim, que O CORPO FALA!  Cuidado com seus gestos. Seja equilibrado. E olhe sempre nos olhos, portais da nossa alma. Quem não deve, não teme e não tem medo de se expor.

Boa comunicação a todos!
Escute Ana Veet Maya : VOCÊ PODE!





TITIO MARCO ANTONIO, por ele mesmo

texto de Marco Antonio Abreu
Âncora do programa Alternativa da Kiss FM.
Como dublador, empresta sua voz para diversos personagens em filmes, séries, documentários, animações e games.
Vídeo-reporter, locutor publicitário e voz das chamadas dos canais Tru TV e Tru TVHD.
Junto com Ana Veet Maya criou e ministra o workshop ''Pra Você Falar Bem '' .

Desde pirralho, minha praia era a comunicação e as artes!
Adorava imitar gente famosa e atores de telenovelas. Me divertia muito fingindo ser locutor ao anunciar as músicas da minha 'rádio imaginária'. Claro que sentir-me um rockstar - com o vitrolão no último volume - também fazia parte deste 'mundinho faz-de-conta' criado pelo Marquinho, como eu era chamado.

Nas brincadeiras de rua, além de 'polícia e ladrão' e 'esconde-esconde', gostava de dirigir pequenas peças de teatro, botando a turma toda para interpretar textos infantis e esquetes de humor. Certa vez, conseguimos reunir alguns dos pais da turma para assistir  ao espetáculo. Seis pessoas na plateia! Baita orgulho o Marquinho sentiu...

Anos mais tarde, ao estudar arte dramática, me redescobri e exorcisei alguns traumas que carregava.
"Sim, é isso o que eu quero fazer!"  O teatro, para o 'Marquinho', foi um processo de cura e, ao mesmo tempo, de renascimento.
Quando consegui meu registro profissional de ator, senti que minha caminhada estava apenas começando.

A vontade de contar boas histórias me estimulou a cursar jornalismo. E eis que a vida acadêmica foi outra redescoberta. Outro mergulho profundo e sacolejante!
Tinha um mundo de possibilidades aos meus pés, entusiasmo para ir atrás dos meus sonhos e - como diz o mineiro - um cadim de talento.

A caminhada foi longa até que a 1ª porta se abrisse, mas a 'perseverança' foi fundamental nos dias difíceis.
Hoje, tenho orgulho de fazer o que amo e, ainda por cima, ser pago por isso! Mas ainda sou um aprendiz... E tenho plena certeza de que ainda vou abrir  outras tantas portas & janelas e me surpreender muito nesta "vida louca vida..."

Sinto-me jovem e disposto como um adolescente; feliz por ter uma família linda que me espera todas as noites e abençoado por ter conquistado um público tão generoso! Carrego no peito muita gratidão.
Obrigado, sobrinhos! Vocês são o meu combustível!

      
                                                              marco antonio abreu