11 October 2011

RAIVA? RA!

por Ana Veet Maya
A raiva dói. A raiva arde. A raiva cega e faz gritar.

É um calor que faz seu coração bater tão rápido, faz o sangue correr numa velocidade, que até cega sua razão e faz você explodir como um monstro.

E quando a raiva explode, a força é tão grande, é tanta energia, que você fica dotado de uma força física tremenda, parece até um daqueles transportadores de empresas de mudança, verdadeiros armários e cheios de força!
Incrível, mas nos momentos mais raivosos, você corre, rasga, muda, pinta uma parede em um segundo, desencalacra aquele projeto, vomita o sapo que estava entupindo a sua garganta, faz uma mudança, muda de emprego, reforma seu quarto, move um móvel com um sopro e manda pra longe o que estava atravancando o seu caminho!

A raiva faz você focar imediatamente.
E você sempre sabe o porquê da raiva.

Você pode dar vazão a ela de diversas formas construtivas: capinando seu jardim, fazendo uma mega faxina na sua casa, correndo na esteira da academia, socando o saco de pancada, participando de uma maratona, nadando, martelando e demolindo aquela parede, reformando aquele móvel, lavando o seu carro, rasgando as fotografias dele, liberando os pensamentos que incendeiam sua ira e poderiam se voltar contra você, seu bem-estar e o bem estar do próximo.

- Aquele idiota! Aquela trouxa que me traiu!
E corre mais rápido!.

- Ele vai ver! Vou mostrar pra ele como se faz!
E desmonta um móvel, conserta, realinha e muda de lugar, tudo sozinha.

- Aquela maldita! Ela me traiu! Ela vai se arrepender!
E nessa decisão, tranca a boca, emagrece, compra roupas novas e fica lindo!



Ai Deus! Sobre o que estou mesmo escrevendo? É sobre a raiva? Ou é sobre motivação, amor?

A raiva é uma energia. I N T E N S A.

Enquanto você não assumir que sente raiva, vai ficar com ela aí dentro bem trancadinha e disfarçada, causando esse enjôo, essa azia, essa frustração, essa prisão de ventre...


E quanto mais mal-estar, mais enfezado você fica...

E fica por aí exalando o seu azedume, a sua amargura.

O mau-cheiro sai por todos os poros. Está presente em todas suas ações e reações!

A raiva fede!
E esse fedor de merda vai entupindo o bueiro da mente e trancafiando o seu coração!

Grite! Corra! Amasse papel! Rasgue jornal!

Faça meditações ativas, pule, dance, chacoalhe!
Transpire! O suor libera as toxinas produzidas pela raiva!

Liberte suas emoções! Todas elas. Inclusive, a raiva...

Esse sentimento que os hipócritas e os inconscientes dizem que não sentem!

Afinal, são tantos os sábios e santos que nos circundam...

Liberte seu grito. Deixe seu coração respirar!

Raiva? Ra!

“...Todos estes que aí estão atravancando o meu caminho, eles passarão… Eu passarinho!...”Mário Quintana


3 comments:

  1. fiquei feliz(agora) hehe
    tenho andado tão raivosa...com campo profissional, pessoal, familiar...pessoas que tu pensa q são amigos e BUM - Raiva mode on! rs
    ao mesmo tempo tô adorando me descobrir mais ATENTA e SÁBIA no que se refere "amigos"
    A máxima meia dúzia ou ate 10 amigos está mais forte do que nunca por aqui! O restante? Apenas pessoas que passaram pelo meu coracaozinho..Me dediquei, amei,chorei, somei, compartilhei, acarinhei,troquei...fui amiga. Mas, de uns 2 anos pra cá reaprendendo a ser mais RAIVOSA e FRIA em certas situações(meu coracao agradece) adorei a frase: "Esse sentimento que os hipócritas e os inconscientes dizem que não sentem!"
    Alerta para possíveis "pseudo amigos"

    ReplyDelete
  2. muito bom seu texto ana!
    oh, um link aqui pra complementar esse texto.
    http://www.loureedmetallica.com/listen-to-lulu.php
    beijos!

    Caio

    ReplyDelete
  3. gostei e incorporei ao texto a dica. Valeu! ANAVEETMAYA

    ReplyDelete