12 June 2011

COMPARTILHAR

por Ana Veet Maya imagem: simplesmenteamorr.blogspot.com
Trago nas mãos
Um pote de mel
E as flores do caminho
Têm as cores da poesia.

Trago nas mãos
Os cheiros e os tons
De sonhos mais que reais.
É viva minha esperança!

Trago nas mãos
A alegria da criança
Os gostos das festas
E os sons de prazeres.


Trago nas mãos
Esses meus quereres
E meu hálito morno
É sempre convite ao amor.

Trago nas mãos
Minha alma lavada
E num sopro ao teu ouvido
Compartilho esta jornada.

No comments:

Post a Comment