29 June 2011

SÃO PEDRIM!

por Ana Veet Maya
imagem do blog blog.cancaonova.com
Eu rezei pra Santo Inácio
Santo Antonio e São João
Pai Nosso, Ave-Maria
E do Francisco a oração.

Patuá, eu fiz promessa
Paguei dízimo e jejuei
Fiz tudim que me ensinaram
Pra mó deu encontrar meu bem.

Mas que nada, que ironia
Eita sorte mais marvada
Só encontro porcaria
Oi qui vida mais danada!

Chamei Cosmi e Damião
Mãe Maria e os Anjim
Puis doce pro seu minino
Cuscuis e inté carneirim!...

Fiz de tudo, meus santim
Mais num acho solução
Tô sortera, tô sozim
Quem pode me dá a mão?

Foi-se embora meu amô
Só me aprontô cilada
Será mió ficá sem ele
Ou tão mar acompanhada?

Escuita bem São Pedrim
Tu que abre todas porta
Abre bem os meu camim
Que num entre gente torta!

Esta vida é engraçada
Se veve junto ou sem ninguém
Mil vivas São Pedrim!
Abra as porta pro meu bem!

20 June 2011

O SAGRADO EM NOSSA VIDA

O SAGRADO EM NOSSA VIDA, texto de Ana Veet Maya
Cresci recitando salmos.

Desde o tempo da Governador.
Dona Bia, senhora benemérita, coração maternal, reunia todas as crianças da rua e uma vez por semana, nos contava histórias da Bíblia.







Eu sempre detestei catecismo ou qualquer coisa que viesse com as premissas “se você fizer isso vai ganhar aquilo”. Se não fizer, pra você o fogo do inferno.

Com Dona Bia e seu flanelógrafo verde, as histórias de Davi e o gigante Golias, Moisés na barca do Nilo, José e o filho pródigo, a história dos Reis Magos e o nascimento do menino Jesus, a estrela de Belém e outras tantas, ganhavam calor e sabor de contos de fadas.

E as crianças da rua, reunidos em torno dessa generosa senhora, aprendiam a compartilhar, a respeitar o próximo e desenvolver a fé.

Meus pais eram católicos, minha avó era espírita, Dona Bia evangélica. E eu, desde pequena, uma perfeita cidadã ecumênica.

Cresci respeitando todos os credos, ávida por filosofias e cheia de fé.

Hoje, alimento-me dos mantras indianos da mesma forma que pratico os mantras budistas e/ou os salmos da Bíblia.

Palavras proferidas com o coração, energias suaves 
que partem 
do Universo e alimentam 
nossos corpos 
e mentes.






Liberdade para pensar, 
para sentir, 
para desenvolver, 
acreditar.

Deus, Buda, Jesus, O Divino, Osho, O Universo, A Terra, Isis, Alah, O Mestre de Si Mesmo... Não importa qual o teu mestre, qual tua crença, qual o caminho que escolheu...

PORQUE o Sagrado habita nosso coração.

Como você vai escolher celebrar o sagrado em sua vida, faz parte da sua escolha.

Não se deixe manipular.

Seja autêntico, seja uno, seja você!
Bom dia e boa semana a todos!

O SAGRADO EM NOSSA VIDA, texto de Ana Veet Maya
imagens :http://convivioemaus.blogspot.com/2011/05/ecumenismo-no-itesc.html
julygothicmetal.blogspot.com e Rapha Preto

13 June 2011

ATMO

por Ana Veet Maya
imagem: http://www.cuecasnacozinha.com/2010_09_01_archive.html

Vejo tua face
Sinto teu cheiro
Sigo o movimento
Volátil imaginação.

Vários pontos
Retas e espirais...
Voa o pensamento
Sonha mente veloz.


A palavra é pouca
Quando o sentir é mais
E transborda do peito
Como o recheio cremoso
Vazando do bolo de festa.

12 June 2011

COMPARTILHAR

por Ana Veet Maya imagem: simplesmenteamorr.blogspot.com
Trago nas mãos
Um pote de mel
E as flores do caminho
Têm as cores da poesia.

Trago nas mãos
Os cheiros e os tons
De sonhos mais que reais.
É viva minha esperança!

Trago nas mãos
A alegria da criança
Os gostos das festas
E os sons de prazeres.


Trago nas mãos
Esses meus quereres
E meu hálito morno
É sempre convite ao amor.

Trago nas mãos
Minha alma lavada
E num sopro ao teu ouvido
Compartilho esta jornada.