21 September 2010

DEPRESSÃO? EU NÃO!

Texto de Ana Veet Maya
Depois de uma noite muito fria, abri minha janela e o sol entrou.
Respirei profundo.
O céu estava muito azul!
Meu coração ficou quentinho e alegre e imediatamente eu sorri.
Lembrei aquela frase que ouvia todos os dias no programa que minha avó nunca perdia no rádio: "Todos os dias, sob todos os pontos de vista, vou cada vez melhor!"
Lembrei-me também daquela cigana: - Ao abrir as portas e janelas, repita: "bom dia felicidade, seja bem-vinda, entre e fique conosco"
Ontem assisti uma palestra do Dr. Sérgio Felipe que se referiu à depressão e aos nossos padrões mentais. Ele disse que estamos todos muito viciados nos velhos pensamentos e presos ao passado, que estimulamos os mesmos ranços e velhos rancores, sem alimentar com alegria e esperança o mais moderno computador que temos: o nosso cérebro!
Fiquei motivada e foi assim que surgiu este texto!

1- Deixe o passado no passado.
Seja lá o que for que te incomodou ou te fêz feliz, isso já acabou. Não vai voltar.Não desperdice sua energia vital nem se colocando no papel de herói, nem no de vítima.

2- Ame o que já tem.
A alegria sempre nos cerca! Poder socializar com um amigo, sentir o aroma de uma flor, comer uma fruta saborosa, sentir um abraço quentinho. Ter um corpo saudável, ir a uma festa, compartilhar com a família. Aprender, compartilhar, caminhar lado a lado! Existem infinitas razões para você já se sentir feliz!

3- Viva o presente.
Não fique ansioso e criando obstáculos sobre o futuro. Ele pode não acontecer!

4- Prescreva a receita da sua vida!
Não espere que outro faça isso.
Você é único. Descubra seu caminho! Aprofunde a busca do "eu".


5- Tenha ritmo !
Tudo na vida tem seu tempo certo. Isso não significa estagnar e parar numa atitude conformista e preguiçosa. Abra-se para o conhecimento, para o novo! Tenha ritmo! Não se entregue ao desânimo.

6- Aceite as mudanças.
Elas são condições naturais na vida para a evolução de todos nós.




7- Seja pleno de sentimentos.
Viva a alegria, mas não queira ignorar a tristeza, a raiva e outros sentimentos que considere menos nobres. Quando a tristeza aparecer, sinta, respire, aquiete a mente, entre em contato com a dor, com o silêncio. A vida segue sábio compasso e se você estiver aberto, a tristeza também passará.
Utilize a energia da raiva para dançar, sacudir, criar. Não reprima seu vulcão interior. Transforme! Existem meditações ativas excelentes para você liberar seus sentimentos reprimidos. Experimente!

8- Seja o observador de si mesmo!
Na maior parte das vezes, a solução daquele problema, está bem na frente do nosso nariz! Quando agimos com naturalidade, as geleiras se desfazem e encontramos o caminho.

9- Ame!
Amor não é amar um par, aquela pessoa que está do nosso lado.
Amar não é apenas amar quem nos ama. E amor não é amar apenas os que se parecem conosco, os afins.
Vamos amar a diferença! Aprender a conviver com a diversidade!
Amar é estar sempre aberto pra abraçar, pra socorrer, pra ser socorrido, sem medo de perder, sem medo de ganhar, sem querer vencer, sem se apegar às derrotas.
Amar é cruzar com todos na rua e não ter medo de olhar nos olhos, dar bom-dia.

10-Sorria!
É impressionante como isso funciona! Tente!

11-Movimente-se!
Quando estamos tristes, a energia está quietinha, estagnada em algum ponto do nosso corpo. Toda aquela água lá dentro do nosso corpo apodrecendo de tão parada!
Quando nos movimentamos, chacoalhamos tudo, sacudimos a poeira, suamos as toxinas, colocamos pra fora nossos bichos!
E a nossa energia se renova!


Respiramos melhor, um bem estar se apossa do nosso corpo e abrimos novamente nosso coração.
Um corpo saudável que pratica exercícios,
uma pessoa que canta e dança e pula e vibra, com certeza é mais alegre!


12-Seja útil!
Que alegria é quando podemos colocar a cabeça no nosso travesseiro à noite e visualizando nosso dia, enxergar que fomos úteis, que trabalhamos com verdade e honestidade.



Vamos construir nosso momento, porque a hora é sempre agora!

Depressão? Eu não!






*Fotos de RAPHAEL que afirma : Se você quiser algo na vida, vá até lá e pegue."
Beijão Rapha ! Você é lindo!

Ana Veet Maya, terapeuta, massoterapeuta, arte-educadora

Praça Dr. Barão de Itaqui, 679D- Tatuapé - São Paulo/SP
55 11 2619-3241 e 55 11 2619-3240
NIVIA ESTÉTICA & DAY SPA


COMENTÁRIOS:
Inês disse : Oi Ana,texto maravilhoso.Amei...Inspirante e reflexivo...Beijos.
Ana Veet Maya, arte-educadora, massoterapeuta
Praça Dr. Barão de Itaqui, 679D- Tatuapé - São Paulo/SP
55 11 2619-3241 e 55 11 2619-3240
NIVIA ESTÉTICA & DAY SPA

19 September 2010

DICAS PARA VIVER BEM

Texto de Ana Veet Maya


Perfumes que inspiram nosso dia. Belezas que incitam o bem-estar.

Olhos para ver. Nariz para cheirar. Mãos para afagar.

Como é bom viver!

Esse frisson de mais um dia que surge, quente ou frio, pura emoção!

Estar consciente de que somos responsáveis por nossas escolhas.

Saber que tudo muda, muda o tempo, muda o tom, muda o tum-tum do coração.

Muitos pacientes e amigos se aproximam, compartilham seus pensamentos, suas dores, pedem um palpite.

Eu não sei o que é bom para você.

Mas eu já sei dizer o que é bom pra mim.

E como somos seres humanos, fui pretensiosa e pensei que talvez o que é bom pra mim, possa ser bom pra você? hehe Pretensão mesmo! Somos tão diferentes, não é?

Ainda assim, sou atrevida e aqui vão algumas dicas:

1- Ande descalço, na terra, no mato, na areia.

2- Use roupas confortáveis e que permitam você respirar profundo. Sinta-se bem, use uma roupa íntima que o faça se sentir confortável e bonito para seus próprios olhos.

3- Faça alongamentos, qualquer tipo, mas faça. Os alongamentos manterão seu corpo e mente abertos para a vida. Faça também exercícios aeróbicos que mantenham seu coração contente, pulsando forte!

4- Coma frutas e vegetais, dê preferência para carnes brancas, coma tudo integral. Priorize uma alimentação saudável e balanceada sempre!

5- Tenha amigos de todos os tipos pra conversar sobre todos os assuntos e fazer todas as coisas que gosta. Amigos para sair e rir muito. Amigos com quem meditar. Amigos que são puro amor.

6- Valorize a família, tenha uma relação saudável com seus familiares. Sempre que puder, encontre com eles e juntos celebrem a vida!

7- Ouça sua voz interior, entenda o que seu corpo pede. Se estiver cansado, pare, durma. Se estiver sem sono, não reclame da insônia, transforme o seu “estar acordado” em algo útil.

8- Não siga os padrões estabelecidos pelos outros, conheça mais profundamente o que te faz bem, veja como seu corpo reage e faça o que for melhor para você, tranquilo, sem violência. Se você agir sempre amorosamente, viverá mais feliz e não interferirá na vida do outro!

9- Saiba entender sua fome. Fome física? Fome emocional, carências mascaradas? Faça refeições balanceadas, café da manhã, almoço, um lanche à tarde, um jantar bem leve e quem sabe um chá antes de dormir? E lembre-se de hidratar-se muito durante o dia todo! Beber água é fundamental para manter seu corpo funcionando perfeitamente, toxinas sendo eliminadas. Tudo isso é igual a qualidade de vida, saúde!

10-Observe se seu corpo está pedindo muito doces. Isso talvez possa indicar alguma carência, algum probleminha não resolvido. Medite. Reflita. Busque a solução para o problema. E a compulsão por doces, passará naturalmente. O corpo é o templo que abriga nossa alma! Vamos cuidar bem dele, fazer exercícios e agradecermos sempre pelo que já somos, aceitando a nossa naturalidade!

11-Não reclame! Encare! Aceite! Conheça seus limites. Seja natural! Valorize a paz interior. E aprenda a falar SIM e NÃO!

12-Não acumule problemas. Busque soluções!


13-Não se queixe que está sem dinheiro, busque criar uma nova atividade, exponha,converse com os amigos, se ofereça no mercado de trabalho com várias opções, porque somos todos multi!

14-Não se sinta sem amor! Oras, pense, como pode isso acontecer comigo se nós somos amor? Analise seu padrão, suas expectativas, seu grau de exigência. Baixe sua expectativa, sua "ansiedade" Aí, olhe para o outro lado. Dê um sorriso. E o amor acontecerá!

O amor começa em casa. Na nossa casa. Amar a nós mesmos. E aos outros, como a nós mesmos!

Vida é mudança.

Quando nos abrimos para as mudanças, nos abrimos para o amor.

Muito amor para todos nós, e um abraço especial e apertado para você que me lê.

Ana Veet Maya, terapeuta, massoterapeuta, arte-educadora
Atendo com orientação e massagens
anaveetmaya@cameracao.com

5 September 2010

SEMPRE É DIA DE FESTA

por Ana Veet Maya
Tédio? Ai não!

Vade retro Satanás!

Tome nota, tome tento,

Energia, água, gás!

Mas não tombe na estrada

Não se queixe da tua sina


Brilha o Sol para quem vê

Brilha a jóia ou purpurina.

Toma banho, xô pra nhaca

Dança, pula, brinca, lê!

Manda fora a urucubaca

Se quiser você vai ver!

Pois a vida é agora

É a festa do eu-sozinho

Abra espaço na janela

Faça rir teu menininho.

A criança mora dentro

Do teu peito, numa fresta

Noite ou dia não importa

Sempre é dia de festa!