25 August 2009

PASSADO

por Ana Veet Maya

Eu te quis assim
Como uma brisa fresca
Que aplacava o suor
Do corpo cansado
E sangrento de luta.

Eu te quis assim
Como a mordida da maçã
Que adoçava a minha boca
Antes amarga e seca
Por tanta desilusão.

Eu te quis assim
Como quem nada queria
E apenas esperei
E contemplei o azul
Que era negro e rubro também.

Eu te quis assim
Como um doce raro
Um manjar divino
Que saboreei antes mesmo
De provar.

Eu te quis assim
Sem nada pedir
Sem nem te te sentir
Porque pensei conhecer
A beleza do teu ser.

Eu te quis assim
Simples e puramente
Silenciosamente
Sempre enamorada
Da força do homem que és.

1 comment:

  1. Nossa!!!
    pedimos tao pouco.....nos perdemos por menos ainda, né?

    adorei.

    bjsssss;

    ReplyDelete